Menu fechado

Festa de Yom Kipur

A Festa que deu a origem à expressão “Bode Expiatório”.

Também chamada a Festa do Perdão ou ainda Dia da Expiação.

Era um evento tão importante que quando um judeu referia-se a esta festa ele usava a expressão: ”Aquele dia”-e todos sabiam o que queriam dizer.Era um tempo de reflexão e de purificação.
Era uma festa realizada entre o final de setembro e início de outubro, e antecedia a Festa dos Tabernáculos.Em Atos 27:9 o autor faz menção à viagem de Paulo dizendo que ela aconteceu depois do tempo de jejum.O leitor já situaria que era entre setembro e outubro.
O objetivo da Festa era fazer uma pausa para refletir sobre os pecados cometidos.As pessoas se reunião para meditar sobre a situação da nação de Israel e seus erros, sua condição espiritual.Depois de passar por este período de arrependimento diante de Deus, eles experimentavam o perdão de Yavé.

A comemoração tinha o lado pessoal e o sacerdotal. Faziam jejum e não trabalhavam.O semblante das pessoas deveria estar bem sério e quem assim não procedesse até poderia ser morto.
Era nesta ocasião, a única vez do ano que o sumo sacerdote entrava no Santo dos Santos. Ali entregava uma oferta que constava da mistura de sangue de um boi e de um bode.
Em seguida o sumo sacerdote realizava a cerimônia do bode “azazel” ou emissário ou bode expiatório
(Lv 16:8-10 ).O sacerdote colocava as duas mãos sobre o bode e em seguida confessava os pecados de Israel.Simbolicamente ele estria transferindo os pecados para o bode.Depois disso orava pedindo perdão.Quando a cerimônia terminava o bode era levado ao deserto e deixado em um local onde não houvesse nada, nenhuma habitação.Isso significaria que os pecados de Israel não seriam mais lembrados ( Lv 16:21-22).Ninguém poderia dar nenhum cuidado àquele animal.Depois disto o sacerdote lavava as mãos e se purificava.
O ato de se imolar um animal não significa que o pecado foi perdoado se não hpuver um profundo arrependimento.O perdão é uma realidade espiritual (Hb 10:10 e 10:19).Cristo não foi somente o sacrifício eterno, mas também atuou como sumo sacerdote, pois Ele derramou oferta de sangue pelos nossos pecados.O cordeiro perfeito já veio e a expiação se cumpriu totalmente na pessoa de Jesus.

 

– Bispa Cláudia

Comentários